António Runa é chef do Darwin’s Café, restaurante da Fundação Champalimaud

Estreou-se no métier aos 20 e já foi chef de diversos restaurantes de renome
( ccb, nobre, trigo limpo, entre outros). Diz que cozinhar é um enorme prazer,
que a avó e a mãe têm culpa desta paixão, que os segredos na cozinha são
para guardar bem guardados e que os LA Caffé, onde está desde a fundação,
são um projecto de vida. Pratica uma cozinha de autor com tendências de fusão.